Arquivo do mês: junho 2011

O efeito do ‘Meu último dia de vida’

O dia depois do último

Desisto, melhor começar a escrever logo. Vai assim mesmo, não há como esperar! Antes de iniciar este post eu estava tentando encontrar algum desfibrilador perdido aqui em casa para fazer meu coração voltar a bater normalmente – efeito da repercussão do “Meu último dia de vida”, não encontrei. Esplendoroso, isto ficará eternizadomix de sentimentos indescritíveis, choro, presente, o sentido da vida, libertação de uma depressão…

Continuar lendo

Anúncios

Meu último dia de Vida

Hoje é o meu último dia de vida. Acordei mais cedo e fui até o escritório para encontrar uma foto de quando eu tinha 5 anos. Era de manhã, a casa dos meus pai não tinha muros e eu me lembro de quando o rapaz que tirava fotos sobre o cavalinho chegou. Continuar lendo

Você chupa *Chupeta do Diabo?

Meu nome é Gabriel dos Santos e eu sou um viciado – que ótima maneira de começar um artigo. Ontem, enquanto eu estava na lanchonete do meu trabalho, comprando um Café e alimentando este vício – não, calma, meu vício é café mesmo – deparei-me com uma cena cômico/daria-um-bom-artigo:

Continuar lendo

Protegido: O Homem que vivia sem Energia Elétrica

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

A verdade por trás de “Judas – Lady Gaga”

Fui apresentado para uma música daquela maluca da Lady Gaga. Qualquer coisa que venha dela não nos assusta mais, mas eu tive que parar para ouví-la com calma e ver até que ponto era uma brincadeira boba. Consideremos o fato de que, mais de metade dos ouvintes dessa música não tem a menor idéia do que ela está falando e que por isso, foi impossível virar as costas ao ver o nome da mesma: Judas.

Continuar lendo