Amor, tira a linguiça do congelador!

As valiosas lições que se aprende quando você tira a Linguiça do seu casamento do congelador.

Entrei no ônibus e procurei o lugar mais afastado possível, sentei-me na janela. Com os fones plugados ao celular, tratei logo de colocar a mochila com o computador no colo, o que carinhosamente me faz sentir como se estivesse abraçando uma almofada. Pouco tempo depois, uma mulher adentra o recinto. Jovem, cabelos longos, muito bonita e bem vestida. Uma rápida e involuntária olhada no dedo anular esquerdo e a constatação: casada. Enquanto ela se encaminhava para sentar-se no banco à minha frente, fiquei imaginando como seria seu casamento, seria cheio de aventuras e loucuras como se ela e seu excelentíssimo fossem atores de Hollywood? Começa a tocar Michael Bublé no meu celular, então tudo fica mais emocionante. Ao passo que a música vai rolando, vou tentando comparar meu casamento ao casamento daquela desconhecida, tendo como base de comparação minha imaginação mirabolante. Até que em um dado momento, ela pega o celular e começa a gritar: “OI.. AMOR!?! VIU? TIRA AQUELA LINGUIÇA DO CONGELADOR QUE EU VOU FRITAR ELA HOJE!”.

A música parou, a emoção passou, e aquele casal de Hollywood parecia pra mim agora um pequeno quadro do Zorra Total.

Eu não sou suposto a estar aqui. Bem, não até que pelo menos termine aquilo que me propus a terminar – meus estudos para uma determinada prova. Vejam isso como uma unidade de tratamento intensivo para este blogueiro que vos ‘fala’ (falar? boa, acho que vou fazer vídeos, dá menos trabalho). Este post, ou esta ‘terapia’, funcionará hoje como uma válvula de escape, então se você se perguntar: “ah, esse cara some, fica 4 meses sem postar nada e de repente volta como se nada tivesse acontecido?!”, por favor, seja compreensivo, pois você leitor, é o meu médico hoje.

Agora engole o choro e escute…

Eu adoro o fato de estar casado – agora é a hora em que você tenta vincular o título ao tema, não vai dar muito certo – e para quem se casou com 25 anos – eu! – casamento tem se mostrado supreendentemente… diferente. Digo isto pois, homem não se casa com menos de 30. Homem se casa com 32, 33, 40. Isto talvez se dê ao fato de que um homem com 40 está no AUGE da sua vida, já uma mulher com 40… bem, o que vocês esperavam? vocês foram feitas com o resto das nossas costelas! (brincadeirinha). O fato é que eu sempre odiei minha vida de solteiro. Eu era feio, pobre, e minhas mãos derretiam quando eu tinha que falar com mulheres. O casamento foi então um messias prometido que veio para me salvar… e foi aí que as coisas começaram a me supreender.

Lembro-me como se fosse hoje quando foi lançada a Playboy da Juliana Paes, eu era um garoto. Lembro-me também da crônica que Arnaldo Jabor publicou sobre o Bumbum dela. Segundo ele, seu bumbum era esperado como um salvador da pátria naquele momento sem graça. Que políticos, bancários, engenheiros, todos ansiavam por ele como por uma revelação. O que poderia revelar-nos o bumbum de Juliana Paes? Bem, após o cronista, com as mãos trêmulas, remover o saco plástico da revista, o tal bumbum o deixou aparvalhado: “Não sei se esperava muito; só sei que fui tomado por uma funda decepção. Não sobre a beleza do bumbum, pois é muito bonito, sim, mas pelo choque de realidade que me trouxe. Afinal, verificamos que era apenas um bumbum, era apenas uma moça que nos parece gentil, romântica, bondosa como uma babá, mostrando o bumbum como um bebê recém-nascido” – escreveu.

Quando vejo alguns casais de noivos ou mesmo de namorados, sinto que eles olham para o casamento como para o Bumbum da Juliana. Veja, não estou de maneira alguma DESMERECENDO a importância do MATRIMÔNIO, esta foi e será pra sempre a decisão mais importante da minha vida, no entanto, um casamento é muito mais do que uma festa, do que uma ansiedade, do que um devaneio passageiro. Casamento é como a vida cristã, não promete te livrar dos problemas, de fato, lhe trará mais problemas, mas também alguém para torná-los mais solúveis. Casamento é um choque de realidade. Casamento é um lugar em que você entra, tranca a porta por dentro e joga a chave fora. Quando vi aquela esposa pedir ao seu marido para tirar a Linguiça do congelador, pensei comigo: “não existe nada mais broxante do que comer linguiça frita no jantar” e então percebi, que o casamento deles era exatamente como o meu: feito de linguiça congelada, sessão de filmes antigos, roupas velhas, dificuldades e divergências de pensamentos.

Esta semana, minha esposa e eu vimos um filme onde existiam 2 protagonistas: Um “pegador” solteiro e gatão, e um casado, com 2 filhos e ligeiramente mais velho. No filme, um deseja ter a vida do outro e misteriosamente acordam com os corpos trocados. Moral da história: O solteiro, que passou a ter a vida do casado não queria mais voltar para o seu corpo de solteiro. O casado, que passou a levar a vida de solteiro, no corpo malhado do solteiro, não conseguiu nem por um momento trair sua esposa com outra, e ao final do filme desejou como nunca voltar para sua vida CHATA de casado, pois nela ele sempre estava rodeado por pessoas que o amavam.

E eu? Bem, eu continuo feio, pobre e minhas mãos derretem quando eu tenho que explicar para ELA porque eu não lavei a louça. Mas percebi que minha vida CHATA de casado é a coisa mais importante que conquistei e que amo minha esposa mesmo quando a odeio por fritar linguiça no jantar.

PS.: Tá bom, a Vanessa nunca fritou linguiça no jantar em quase 3 anos de casamento. Mas é que eu NÃO queria ter que contar pra todo mundo que ela NUNCA, NUNCA e NUNCA faz feijão.

Anúncios

21 Respostas para “Amor, tira a linguiça do congelador!

  1. Nossa, meus olhos encheram de lágrimas agora… que linda declaração… mas eu quase chorei ñ foi pela sua declaração, e sim por ela se parecer muito com a minha vida… quase idênticas, com a diferença que nos casamos com 20 anos e dia 18/10 faremos 6 anos de casados! Seis belos, cheios de linguiça, cheios de chatices de algumas incompreensões, mas me orgulho muito de dizer que em 6 anos brigamos duas vezes (digo duas vezes “sério” pq vc sabe como é mulher neh, se vc ñ lava a louça ela fala, se tá de TPM ela fala, tudo é motivo pra discussõeszinhas sem fundamentos).
    Eu amo tanto ele que fico sonhando com nós dois velhinhos, vivendo essa vida chata pra muitos, mas essencial pra nós dois!
    Abraços… e… pq vc sumiu mesmo???

    • Kellen, vocês se casaram com 20 anos, quase igual a um amigo meu. Se você tem certeza de que aquela pessoa é a pessoa que Deus escolheu pra você, então para que esperar?

      Quando você se casa, sua vida começa novamente, começa do ZERO, então quanto antes você se casar… mais rápido você e seu parceiro(a) irão PROGREDIR, conquistar, VIVER!

      Tenho um amigo que se casou após os 30, e esse é o maior arrependimento dele, ele se sente atrasado. Bem, acredito que Deus tem um plano na vida de cada um então… pode ser que o plano de Deus na sua vida seja vc se casar com 40, então AMÉM…

      Mas quando me perguntam se eu estou arrependido de estar jogando meus “20’s” fora… eu rio! hehe.

      Muito Obrigado pelo seu comentário! E Parabéns pelo casamento 🙂

  2. Ahhhhh que saudade de vir aqui !!!rsrs
    Ja que não estou casada vou fazer um comentário sobre as linguiças da minha mãe…odeio quando ela as faz pro jantar tb rsrsrs
    Mais o texto sobre o casamento é muito bonito e interessante,hj em dia é difícil realmente pessoas que querem este compromisso!!!Admiro muito quando vejo casais mais velhos que conseguiram e conseguem manter de alguma forma a “magia” do casamento!
    Enquanto não encontro com quem dividir a linguiça do meu jantar,vou comendo as da minha mãe mesmo kkkk!!!
    Bjs

    • Tati!!!!!! Hahaha, seu comentário me lembrou um dia em que um amigo meu veio almoçar em casa e minha mãe fez linguiça… Bem, ele disse que adorava linguiça de um jeito muito estranho, aquele comentário o perseguiu pelo resto da adolescência! hahah.

      Fique tranquila pois como disse ali em cima, o Plano de Deus pra sua vida já está traçado e seu parceiro de comer linguiça já está até quase definido… e daqui a pouco vc receberá o currículo do ‘candidato’ em mãos para análise hehehe.

      Obrigado por não ter se esquecido deste pobre blog 🙂

  3. Saudadesssssssssssssssssssssssssss!!!!!!!!!!!!!!!!

    Bom… com 14 anos de casamento, fritei muuuita linguiça. Vida de casado é chata? Pode ser! Mas com certeza é muito gratificante.
    Hoje estou pra poucas palavras, mas, adorei seu retorno Grabriel. Espero que não suma novamente.

    Bjkas, pra vc e pra Vanessa (Num dá mole pra ele não Vanessa)

    • Drika .. Drika..

      14 anos de casamento!? Quem sou eu para escrever este post perto de você?! Você é um exemplo VIVO de casamento duradouro… com tantos casamentos que não passam do segundo ano, vocês são uma raridade…

      Existe algum segredo especial?! rs

      Muito Obrigado por ter se lembrado de comentar 🙂

      • Bom…Estou me atualizando com o blog do marido, não relembre datas…please rs. Drika…14 anos de casada nos dias de hj realmente vc eh guerreira.. um exemplo para nós…
        Pode deixar que não darei moleza para o marido.rs

  4. Será que ainda sei postar aqui? Será que vencerei novamente pelo maior número de postagens? rs Melhor postar aqui do que fritar linguiça…rs

    Sim, bela declaração de amor. Engraçado que as pessoas pensam que o casamento é o fim, mas é só o começo. Não sou casada, mas imagino que se com meu irmao, que fomos criados na mesma casa, somos diferentes, imagine duas pessoas criadas em casas diferentes!

    Talvez essa noção de novela/filme acerca do casamento acabe sendo muitas vezes sendo a vilã de grandes problemas. Casamento não é só o que aquela mãe pensava “até que enfim casei minha filha” como se todos os problemas tivessem se acabado.

    É um começo, uma etapa com todas as suas vantagens e desvantagens. Quando se tem noção disso já é um bom caminho.

    O dia em que a Vanessa fizer o feijão não se esqueça de colocá-lo na geladeira depois para não estragá-lo. Embora para quem já tenha comido queijo estragado, hamburguer vencido na geladeira, fora as coisas que vc. deve comer aí sem reparar, acho que vc. já está imune aos efeitos de uma comida estragada…rsrsrs

    Beijocas.
    Patrícia

    • “Será que ainda sei postar aqui? Será que vencerei novamente pelo maior número de postagens? rs Melhor postar aqui do que fritar linguiça…rs ”

      Hahahahahah – muito boa Patricia!

      O campeonato deste ano está meio frio, mas acho que vc já deve ter conquistado o título deste ano antecipadamente kkkk.

      É verdade, casamento é um começo, é começar do ZERO, é esquecer sua vida de solteiro e começar denovo, aprendendo novas liçoes, novas manias, tendo obrigatoriamente que perder outras – como deixar toalha molhada sobre a cama…rs

      É esquecer-se do EU.. e aprender que existe um NÓS.. (o que é a coisa mais dificil que nós seres-humanos egoístas temos que fazer).

      Pode deixar que eu já joguei fora a caixa de hamburguer vencido (esta manhã, pois havia esquecido ele no congelado denovo, acredita?!)

      Muuuuuuuuito obrigado pelo comentário! sempre! 🙂

      • Pati…Bom de novo, não olhem as datas dos posts, estou me atualizando agora.rs. Tds essas coisas estragadas no congelador..era apenas um teste para o marido sabe….será que ele mexe na geladeira enquanto eu viajo..rs. Foi isso…ah e eu faço feijão sim…mas o marido não tira do congelador pra comer..rs.

  5. ” Eu era feio, pobre, e minhas mãos derretiam quando eu tinha que falar com mulheres. ” -eu sei oque você sente cara, eu sei.

    Cara, primeiramente, bem vindo de volta, saudades.
    Casamento, olha, eu apesar de 22 anos quero sim casar, apesar de muita gente falar para mim aproveitar minha juventude e bla bla bla. Assim como você, eu tambem sou meio mole para garotas, pq?>> Eu era feio, pobre, e minhas mãos derretiam quando eu tinha que falar com mulheres.
    Esses dias perguntei aos meus contatos do telefone:” Se você pudesse tirar um sentimento da sua vida, qual você tiraria?”. Varias foram as respostas mas uma delas me surpreendeu. Uma amiga, a Daiane, me disse que tiraria a Insegurança, na hora eu achei ate estranho mas pedi a explicação a ela, ela disse que só nao é realizada amorosamente pq ela e insegura, e eu tbm sou. Sou carente ela disse, e eu tbm sou. Por isso que eu busco relacionamentos agora nao aventuras. prefiro me manter com uma que eu ame do que com 10 que eu ‘pegue’ por pegar.

    Felicidades meu caro, espero os proximos textos.
    Fiquem com Deus, vc e a sua esposa que nao faz feijao rsrsrs…

    • Dieguito!!!!!!!! Obrigado pelas boas vindas meu camarada! Saudades são todas minhas!

      Este desejo que você tem de se casar, tenho certeza de que Deus olha para ele de um jeito muito especial, enquanto todos querem curtir, vc sonha em ter uma familia, isso não tem preço. Eu sempre percebi esta personalidade em você pelos teus comentários, teu comportamento no facebook e pode ter certeza que a pessoa certa irá perceber também, pois esta personalidade vale ouro!

      Muito obrigado por nao ter se esquecido ou perdido o hábito de comentar, é ótimo ter amigos fiéis.

      Ahhh e pode deixar que vou passar suas estimas de felicidade para minha esposa que não faz feijão também heheh.

      Grande abraço!

  6. “E eu? Bem, eu continuo feio, pobre e minhas mãos derretem quando eu tenho que explicar para ELA porque eu não lavei a louça. Mas percebi que minha vida CHATA de casado é a coisa mais importante que conquistei e que amo minha esposa mesmo quando a odeio por fritar linguiça no jantar.”
    “Tá bom, a Vanessa nunca fritou linguiça no jantar em quase 3 anos de casamento. Mas é que eu NÃO queria ter que contar pra todo mundo que ela NUNCA, NUNCA e NUNCA faz feijão.”

    Nossa tem uma lista enorme de coisas que a Vanessa NUNCA NUNCA NUNCA fez! …Só pensa em reciclagem agora, porta trecos! aff.. Joga essa linguiça na caçamba! ..kkkkkkkkkkkk

    • hahaha.. sim, agora ela tá nessa Vibe da reciclagem..

      .. enquanto ela não reciclar o marido, tá blz, né?!

      PS.: Nao vou responder seu comentário de uma maneira muito extensa, pq tudo o que vc fez foi copiar meu proprio texto para ele ficar grande.

    • Fiquei tentado a ler o livro para mheolr entender algumas ide9ias. Talvez, vocea possa me ajudar, mais uma vez.A respeito do aque1rio, por exemplo. Se tudo o que, de fato, existe e9 criae7e3o nossa, inclusive a Cieancia, nada pode existir do lado de fora dele, ou seja, nada pode existir que ne3o conhee7amos, que ne3o fae7a parte da realidade.Vejo duas consequeancias para esse raciocednio: Se nada existe fora da realidade do nosso aque1rio, ne3o he1 possibilidade de conhecermos nada de novo, porque estaredamos falando em DESCOBRIR o que ne3o existe. Nesse caso, os novos conhecimentos desmentem a teoria, na medida que surgem e, inclusive, aumentam o nosso aque1rio.A segunda consequeancia seria crer que todo o conhecimento, invariavelmente e9 construeddo e ne3o descoberto. Nesse caso sim, a Cieancia e9 uma criae7e3o. Essa hipf3tese tambe9m me parece absurda, je1 que a despeito de nosso conhecimento as leis naturais sempre funcionaram. A e1gua ne3o passou a hidratar sf3 porque criamos que ela hidrata . Ela sempre hidratou. Se amanhe3 aprofundarmo-nos na composie7e3o da e1gua, as novas criae7f5es ne3o invalidare3o toda ae7e3o que a e1gua provoca. No me1ximo, entenderemos mheolr a ae7e3o que pouco conhecedamos. Assim se fazem as leis universais que, mesmo desconhecidas por nf3s, existem e regulam a vida em variadas manifestae7f5es. A vida ne3o existe porquea a Cieancia a criou.Adotar uma possibilidade dualista tambe9m me parece impreciso. Se dissermos que as Cieancias Naturais descobrem e as demais constroem, je1 invalidamos a ide9ia de que tudo que existe e9 criae7e3o nossa .Nas minhas atuais limitae7f5es, o que consigo projetar e9:a) Existem leis universais que je1 existiam antes dos nossos esfore7os mentais. A Cieancia, timidamente, interpreta de maneira correta ou equivocada os efeitos dessa lei.b) Nf3s co-criamos novas causas e efeitos, seja de maneira intencional, seja de maneira inconsciente e inconsequente.c) O nosso pensamento constrf3i representae7f5es do mundo sim, mas a partir de impressf5es de coisas que existem, mesmo que a gente ne3o as conhee7a e de outras coisas que acreditamos exisitr.Conto com a compreense3o dos que consigam enxergar esse cene1rio de maneira mais ampla do que eu.Forte abrae7o!

  7. Já estava sentindo falta dos seus textos rapaz =P

    Nossa, que bacana Gabriel!
    Bela declaração que você fez para sua esposa.
    Esse negócio de Casamento realmente é algo que acabamos criando expectativas ou mesmo pensamos que após o acontecimento do mesmo nossos problemas vão ser solucionados. Eu namoro a 5 anos, e não vejo a hora casar logo. Mas eu sou nova, e ele também, então ainda estamos naquelas fases de terminar faculdade, conseguir estabilidade no trabalho (financeira também) pra depois sim casar. Sabe, não querer fazer tudo nas pressas e acabar não durando um ano. Por mim queria casar logo amanhã, mas entendo o lado dele também. Ele prefere que a gente se estabelize primeiro pra depois casar (e assim não passar por dificuldades).

    No meu caso, fico com essas ansiedade pra que ele aconteça logo pra poder ver todos os dias a pessoa que AMO, pois vê-lo só aos finais de semana é complicado. A gente mora próximo até, mas por conta dos compromissos dos nossos dia a dia só chegamos bem tarde em casa e nem tem condições de marcar de nos vermos durante a semana.

    Muitas pessoas falam pra aproveitarmos enquantos estamos só namorando, e curtir bastante, pois depois que casa, vem como a bagagem bastante responsabilidade.Vão ser diversas contas pagar, mater uma família, conseguir conciliar o tempo de trabalho, casa e de dar atenção ao parceiro, entre outras coisas. Mas mesmo sabendo disso, sei que o que também virá de bom com tudo isso.

    Acredito que depois de casar, temos que tentar inovar sabe, tipos fazer coisas diferentes para não cair numa rotina monótona e sem graça. É não deixar a magia terminar pós casamento. É tentar fazer como na época de namoro, querer deixar a outra pessoa sempre impressionada, despertar o interesse dela cada vez mais por você, e ir conquistando-a a cada dia. E fazendo assim, o casamento só fique mais fortalecido, e nçao deixando desavenças com qualquer coisinha, fazer com que ambos se arrependam por tê-lo feito,

    E é como você disse, ” Bem, eu continuo feio, pobre e minhas mãos derretem quando eu tenho que explicar para ELA porque eu não lavei a louça. Mas percebi que minha vida CHATA de casado é a coisa mais importante que conquistei e que amo minha esposa mesmo quando a odeio por fritar linguiça no jantar.”

    Tipo, apesar dos apesares, percebemos que mesmo quando o casamento fica meio chato, ainda foi uma das grandes conquistas de nossas vidas e que é a coisa mais importante do mundo para nós. E pra não deixar que ele fique chato é como disse, apesar da correria dos nossos dia a dia, fazer um agrado ou outro pra quem amamos pode fazer uma grande diferença e proporcional uma grande felicidades também

    Parabéns pelo texto, ficou ótimo, e como digo, faz nos parar para pensar… e isso é bom

    Obs.: Por curiosidade, qual o nome do filme que você viu com sua esposa? Vou ver se vejo num final de semana desses.

  8. Saco. Deu vontade de casar. RS 🙂

  9. Marido…sorry por não ter lido este texto, aliás essa declaração assim que vc publicou 😦
    Cada vez que leio o que vc escreve…me traz uma alegria enorme de ter um pedacinho de vc mesmo estando longe…Apesar de no começo deste texto ficar “encucada” com essa moça do busão..rs, vc sempre consegue me fazer rir, para com a pontinha de ciúmes, te admirar, me emocionar e agradecer a Deus por ter vc em minha vida.
    Amo vc 🙂

    Ah ….. eu cozinho feijão Simmmmmmmmmmmmm…rs

  10. O Arie de Geus, que trabalhou mtious anos na Shell fez um estudo com as 500 maiores empresas da The Economist e chegou a uma concluse3o estarrecedora: metade delas tinha FALIDO 10 anos depois!!!! Mas tinha um reduzidedssimo grupo de 20 empresas que ne3o sf3 ne3o tinha desaparecido como eram empresas com mais de 100 anos de vida!! Resolveu estude1-las para ver se tinham caracteredsticas em comum e descobriu que SIM! Batizou-as (com a juda do Peter Senge) de LEARNING ORGANISATIONS (organizae7f5es que aprendem) e apontou que A PRINCIPAL CARACTERccSTICA DELAS c9 QUE TINHAM UM PROPd3SITO, QUE Nc2O TINHAM O LUCRO COMO OBJETIVO CENTRAL.O Peter Drucker, na mesma linha, cunhou uma frase que adoro: O lucro e9 o oxigeanio das empresas, mas viver e9 muito mais do que respirar! . Existe uma diferene7a sutil, MAS FUNDAMENTAL, entre ter foco no lucro ou no propf3sito. No primeiro caso, e9 o vale tudo que conhecemos. No segundo, o lucro aparece como consequeancia do trabalho bem feito, dos objetivos coletivos atingidos, do reconhecimento, da confiane7a que vocea consegue estabelecer com seus clientes, parceiros e a sociedade.Vamos cada vez mais nesta diree7e3o e acho que este1 corretedssimo o que vocea diz. A rede e as redes ve3o acelerar ainda mais este processo!

  11. Atendo ao seu pedido, PUBLICANDO NO FACEBOOK … Esse texto q todos q pensam q é CHATO ser casado, deveriam ler…
    Meu casamento tbm é assim, mais uma benção de Deus na minha vida, e o marido que Deus me deu não é o que me completa, mas é o que me transborda…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s