O Homem mais Sexy do Mundo: eu NÃO fui o escolhido

É oficial. Fui deixado de lado, passado pra trás, excluído. Eu, contrariando incrivelmente todas as expectativas, NÃO fui escolhido o homem mais sexy de 2012. Acredito que, boa parte desta derrota deve-se ao fato de que minha foto de “pose sexy” no facebook rendeu somente 6 curtidas. Pessoas fazem check-in no prédio da Previdência Social (lugar mais chato que veio à minha mente) e ganham 35 curtidas. Outras, peidam piscam, mais 18 curtidas. Mas a minha foto, meu último cartucho, o messias que prometia salvar a ridícula imagem atrelada a mim no ensino médio, falhou. Em meu lugar, Robert Pattinson – o Vampiro com a cara cheia de farinha Dona Benta, da Saga Crepúsculo – ganhou o cargo de Homem mais Sexy do Mundo. O curioso é que o jovem citado, contrariando todas as expectativas, recebeu nas últimas semanas um bonito par de chifres, presente da sua colega de elenco (e de cama) Bella. Fico pensando que, se o Homem Mais Sexy do Mundo merece isso, imagina o que poderia acontecer com um mero escritorblogueiro… pixador de internet… como eu.

Estou desapontado, é claro, este significativo e auspicioso (Link do Dicionário —> aqui) prêmio ficaria muito bem no meu curriculo. Semana passada na igreja, meu Pastor pregou sobre RELEVÂNCIA. O que no inicio pode parecer um tema fadado a irrelevância, se transforma numa das maiores mensagens que eu já tive a oportunidade de assimilar. Nela, foi abordada a seguinte idéia: O que todo homem quer nessa vida é simplesmente SER relevante, existir, valer alguma coisa, fazer a diferença, não passar por esta vida assim… como um apêndice, quase que totalmente dispensável. Um cidadão barbudo chamado Moisés pode te explicar melhor o que quero dizer. Ele ficou famoso por alguns trabalhinhos, como abrir o mar vermelho, coisas do genero. Mas o que poucos sabem é que antes disso, sua vida estava condenada ao fracasso.

Enquanto isso no Lustre do Castelo…

Antes de Moisés nascer, Faraó deu uma ordem para matar todos os bebês Israelitas do sexo masculino, pois ele estava com medo de uma revolta. Nessa, Moisés já iria rodar pelo ralo. No entanto, sua mãe colocou-o numa cesta e o soltou em um rio. A filha do próprio Faraó o encontrou e adotou-o como seu filho. Já adulto, Moisés – meio que sem querer querendo – acaba matando uma pessoa para proteger outra. Ele foge, corre como se não houvesse amanhã e coloca toda sua vida a perder. Mais tarde, após anos e anos no anonimato e na inexpressividade, Deus aparece para ele na famosa sarça ardente e diz: “Moisés, vai libertar o povo de Israel!”. Moisés, tomado pelo medo, pela insegurança não aceitou. Deus insistiu, Moisés não aceitou. Moisés era velho, tinha uma péssima dicção e era um péssimo líder, então nem ele acreditava na sua própria relevância. Mas o final todos conhecemos, ele aceitou e sua vida saiu da chatice de um apêndice para a importância de um coração.

Antes nós éramos RELEVANTES por salvar o povo de Israel das mãos do Faraó, hoje tentamos matar nossa sede por relevância pagando de gatinho(a) no facebook…

Ê… ê… ê… ê!

… antes que você me jogue pedras, este puxão de orelha serve sobretudo para mim, ou você acha que eu REALMENTE não queria que minha foto tivesse tido umas mil curtidas? Nós adoramos quando nosso ego é massageado, nosso “passe” é valorizado e nos sentimos bem com isso. Mas, voltemos agora às aulas básicas de ciência da escola, Terceira Lei de Newton: Toda AÇÃO tem uma REAÇÃO igual e oposta. Se a minha ou a sua relevância está no nosso rostinho bonito, nosso abdomem sarado ou nosso peito de silicone, não podemos reclamar por, no futuro, sermos tratados(as) pela vida como um apêndice inflamado – são arrancados cirurgicamente. Além do mais, meio chato colocar na vitrine o que não está a VENDA.

Quanto a mim, bem, manterei minha cabeça erguida, olhando pra frente, olhando para o alvo, sacudindo a poeira, dando a volta por cima, tendo a certeza de que combati o bom combate e sabendo que eu devo ter dentro de mim algum outro Talento dado por Deus, que eu possa oferecer ao mundo. Nenhum TÃO importante quanto o que o Vampiro Dona Benta me roubou, mas… algum que pode vir a merecer pelo menos 18 curtidas.

Anúncios

7 Respostas para “O Homem mais Sexy do Mundo: eu NÃO fui o escolhido

  1. Wendia Luana Machado

    Fantástico meu jovem!!!! O talento que Deus te deu está exatamente aqui em cima…disposto nas entrelinhas do texto fabuloso que o senhor acaba de escrever.

    Wendia Luana

  2. Que remorso! Eu ia curtir e ainda zoar a Tula…rs
    Mas pelo que li lá no dia, há um comentário muito belo, que é do da Vanessa. Tenho certeza de que ele é um só, mas vale do que mais de mil curtidas.

    Enfim, claro que gostamos de um elogio, um comentário no blog (por isso estou me redimindo aqui…rs). Só realmente temos que nos policiar para que a necessidade de elogio seja intensa a ponto de se ficar arrasado e tb. não cairmos na vaidade pelo excesso de elogios.

    Muito comum acontecer isso com muitos famosos: ficam lá no alto (e, muitas vezes, arrogantes) na época do auge e depois vão ao fundo do poço quando passam na rua e não são reconhecidos.

    No mais, eu estou no lado oposto. Vivo tirando foto de perfil, bloqueio marcação de fotos, oculto na linha do tempo quando posto alguma foto para evitar as curtidas…rsrs Algo que tb. tenho que me policiar, porque nenhum extremo é legal e sei que meu lado “invisível” de ser é imenso.

    Abração.

  3. Você não e o unico meu caro, acredite, tambem me encontro nessa situação kkkk otimo texto.

  4. O marido….vc é meu vampiro…rs. Mas como td na sua vida..alias na nossa vida vira um super texto para seu blog….Way to go budy. Love u!

  5. Ótimo texto Gabriel, amo ler tudo que você escreve!

    E eu não sei para as outras mulheres, mas eu acho muito mais atraente e sexy o conteúdo de um homem, do que seus bíceps, olhares ou histórico amoroso. É claro que cuidar de si faz bem e é importante, mas quando se faz com a intenção de se destacar perde a graça. A naturalidade e o bem estar consigo mesmo transmite segurança e prolonga a “sensualidade” ao contrario de quando ela é provocada, pode até ser intenso (como Edward e Bella) mas é passageiro.

  6. Muito bom Gabriel, mas na verdade, no começo fiquei pensando que vc estava tentando fazer um apelo para as pessoas curtirem sua foto….kkkkk
    Mais uma vez….”Amo ler seus posts” você é muito bom para escrever… Parabéns!!!

    • Nepf4, a sua teoria e9 que a Internet exstie por que temos uma populae7e3o enorme que precisa se comunicar. c9 isso, ne3o e9? Daed a queste3o que se sumir 90% das pessoas ela perde o sentido e o glamour.A sua irreversibilidade (e aumento da sua fore7a) este1 ente3o calcada nas perspectivas de crescimento da populae7e3o mundial, certo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s